Guitarrista do Iced Earth na mira da polícia após invadir congresso americano

Jon Schaffer, o guitarrista e líder do Iced Earth, estava entre os manifestantes, apoiadores de Donald Trump, que invadiram o Capitólio, sede do Congresso dos Estados Unidos, em Washington, na quarta-feira (6). 

O músico aparece em uma foto ao lado de outros manifestantes dentro do Capitólio. Para que você não duvide que é Schaffer na foto, observe a tatuagem em seu braço esquerdo e os brincos que ele está usando.

O grupo invadiu o Capitólio e entrou em confronto com a polícia em meio à contagem oficial dos votos do Colégio Eleitoral americano nas eleições presidenciais, do último mês de novembro. Na ocasião, Joe Biden venceu Trump, que buscava continuar no cargo, e está prestes a se tornar o próximo presidente dos Estados Unidos. Com o ato dos manifestantes, a contagem oficial foi interrompida, bem no momento em que eram avaliadas objeções ao resultado no estado do Arizona, onde Joe Biden ganhou de Donald Trump. O atual presidente americano afirma, sem apresentar provas, que a eleição de Biden foi fraudada, provocando a vitória do candidato democrata - por isso, ele não aceita o resultado apresentado pelo Colégio Eleitoral.

Depois de diversos atos de vandalismo e tiros dentro do prédio - uma mulher foi baleada no local e morreu algum tempo depois -, o Congresso dos Estados Unidos precisou ser bloqueado por agentes da Guarda Nacional. Foi instituído um toque de recolher para acabar com os protestos.

Agora 38 pessoas que tiveram as suas imagens divulgadas estão na mira do Departamento de Polícia de Washington, que compartilhou as fotos dos procurados, junto de um comunicado. "Qualquer pessoa que puder identificar esses indivíduos ou tiver conhecimento deste incidente não deve tomar nenhuma providência, mas ligar para a polícia no telefone (202) 727-9099 ou enviar uma mensagem de texto para o número 50411".




Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem